Análise: Cubicity

Desenvolvido e publicado pela OverGamez, Cubicity chegou ao Switch no dia 25 de julho. Tive a honra de receber uma chave da desenvolvedora para lhes trazer a análise do game.

Bom, eu adoro os jogos que te fazem pensar, principalmente com puzzles. Lembram de Goof&Troop do SNES, onde deveríamos empurrar as pedras para liberar as passagens e tínhamos que pensar qual pedra jogar primeiro, onde encaixaríamos e etc? Cubicity traz isso presente em seu jogo.

Com diversos cenários, e vários animais em forma de cubo, nós jogadores devemos leva-los até seu respectivo lugar. No início é simples, mas depois começa a aumentar o nível de dificuldade.

Não é tão simples levar o CUBichinho até o local onde a seta indica, sempre temos que fazer alguns “malabares”, andar com um, puxar o outro, levar para frente, para o lado, até que consigamos encaixar eles. Ao finalizarmos os níveis ganhamos novos animais, somando um total de 22 no final do jogo.

É importante dizer que se você completar o estágio no menor número de turnos, o jogo concederá a você 3 estrelas e moedas para comprar mais personagens.

À medida que avança no jogo, você receberá itens que podem ser usados, como blocos de gelo e bombas, o que permitirá ganhar tempo para concluir as etapas do jogo.

Me chamou bastante a atenção os gráficos muito bem trabalhados pelo desenvolvedor, por se tratar de um jogo simples, você se depara com estágios com diversos cenários diferentes. Impossível não achar os cubinhos de bichos fofos.

Em termos de trilha sonora o jogo deixou um pouco a desejar, mas as musicas são bem animadas.

Em tempos de pandemia, Cubicity pode te tirar do tédio por algumas boas horas. O jogo tem um bom entretenimento, pois a cada nível você quer desbloquear mais personagens e resolver os puzzles para que os cubinhos fiquem em seus devidos lugares. O investimento é baixo, e vale muito a penas.

Análise: Cubicity

8.3

Gráficos

8.0/10

Personagens

8.0/10

Entretenimento

9.0/10

Pros

  • Personagens legais
  • Cenário bem elaborado
  • Puzzle

Cons

  • Trilha sonora monótona
  • Repetitividade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *